Secretário Douglas Ruas participou do evento no Teatro Municipal/Foto: Divulgação PMSG

Foi disponibilizado para os servidores o Manual de Segurança e Medicina do Trabalho

A Prefeitura de São Gonçalo anunciou nesta quarta (28), em evento realizado no Teatro Municipal Gonçalense, a implantação da Política de Segurança e Medicina no Trabalho (PSMT) no âmbito municipal. A iniciativa é uma reivindicação antiga do Sindspef, intensificada a partir de 2020 devido à Covid-19 e aos novos riscos que advieram para a saúde dos servidores com a pandemia do novo coronavírus (SarsCov-2).

O anúncio, que instituiu a PSMT no município, foi feito no Dia Mundial da Segurança do Trabalho, coincidindo com a “Semana de Medicina e Prevenção Contra Acidentes do Trabalho”  promovida pelo Sindspef, que vem reunindo, desde segunda (26) diversos especialistas para falar sobre o assunto em lives abertas transmitidas nas redes sociais do sindicato no Facebook e no YouTube. O evento faz parte das celebrações do ABRIL VERDE,  de promoção e conscientização sobre a importância da segurança e da saúde do trabalhador brasileiro.

– O anúncio vem em boa hora depois de uma provocação que fizemos à Secretaria de Administração. Simplesmente havia um apagão nessa área. Basta agora a nós servidores cobrarmos a implementação de fato dessa Política, que envolve uma série de ações práticas e permanentes nas áreas de saúde e de educação preventiva – disse Ewerton Luiz, presidente do Sindspef.

Junto com a PMST, foi disponibilizado o Manual de Segurança e Medicina do Trabalho, publicado no Diário Oficial, que pode ser baixado AQUI ou no site da Prefeitura.

– A apresentação do Manual é uma iniciativa pioneira na administração do município de São Gonçalo. Queremos que as medidas apresentadas possam fazer parte da nossa cultura e que todos os servidores se conscientizem da importância da implementação dessas ações – afirmou o secretário de Administração, Bruno Cerqueira.

Representando o prefeito Capitão Nelson Ruas, o secretário de Gestão Integrada e Projetos Especiais, Douglas Ruas, destacou a importância da execução do Manual no cotidiano do servidor e reafirmou a ideia de intensificar as condições ideais de trabalho em todos os setores da prefeitura.

– Entendemos a importância da Segurança e Medicina do Trabalho para que todos os servidores possam trabalhar em um ambiente seguro, e sabemos que muitas medidas passam pela estrutura física. Quando chegamos na prefeitura encontramos um problema antigo, que é falta de local adequado para o trabalho. Posso garantir que, em um trabalho em conjunto, temos buscado soluções de melhorias para proporcionar estruturas ideias para todos os servidores – disse.

O coordenador de Medicina e Segurança do Trabalho, André Luiz Rodrigues de Carvalho, ressaltou a efetivação de políticas públicas para tratar o tema das vítimas de acidentes e doenças do trabalho.

– A Prefeitura de São Gonçalo está dando um passo em direção ao que grandes empresas mundiais vem fazendo. Estamos preparando uma cultura de segurança do trabalho através de uma política institucionalizada em função da saúde do trabalhador. Esse é um avanço significativo na prefeitura. O conceito de segurança do trabalho deve ser sedimentado com informações passadas da maneira correta, e esse é o nosso trabalho – declarou.

Também estiveram presentes na apresentação do Manual o chefe de Gabinete, Eugênio Abreu, o secretário de Governo, Fábio Araújo, e o secretário de Meio Ambiente, Carlos Afonso. O evento foi limitado a 50% da capacidade de lotação do teatro por conta da pandemia.