Hoje (20) ocorreu mais uma rodada da Mesa de Negociação entre Sindspef-SG e prefeitura. A pauta, como não poderia deixar de ser, foi o pagamento integral dos salários de dezembro. Os servidores ocuparam novamente as escadarias da prefeitura em protesto.

Após intensos debates, o governo alegou não ter ainda o montante necessário para a quitação da dívida, mas acenou para uma solução definitiva que será apresentada no dia 08 de março, com redução do parcelamento.

O Sindspef-SG aproveitou a ocasião para reafirmar que é contra qualquer tipo de parcelamento dos salários, e informou ainda que mobilizou o seu corpo jurídico para contestar o decreto 025/2017 na Justiça por considerá-lo arbitrário e injusto ao trabalhador. O decreto, publicado em janeiro, originou o parcelamento.

Quanto ao salário de fevereiro, o governo pagará os servidores antes do 5 dia útil do mês, entre os dias 2 e 3 de março.

Para o dia 08 de março, o Sindspef já convoca os servidores para que compareçam maciçamente em frente à prefeitura para uma grande manifestação com paralisação de 24 horas. E um lembrete importante: quem comparece à manifestação e assina o livro de presença não recebe falta. Esse foi o acordo com o governo.

– Sem pressão não chegaremos a lugar nenhum. Precisamos encher novamente essas escadarias e fazer barulho se quisermos vencer essa batalha. É cansativo, mas só com luta obtemos a vitória, não tem outro jeito – disse Rosangela Coelho, presidente do Sindspef-SG