Na tarde de ontem (21/02) o Sindspef-SG se reuniu com o Procurador do Ministério Público do Trabalho (MPT), Sandro Henrique de Araújo, e representantes do município para abrir mais uma frente de batalha usando a solução da questão salarial referente ao mês de dezembro de 2016.

Para o Sindspef-SG o MPT é um órgão importante para atuar junto ao município e realizar o fim do parcelamento referente a dezembro através de seu pagamento imediato e integral.

Na ocasião, o procurador do trabalho elogiou a atuação do sindicato quanto ao tema, em especial a propositura da ação civil pública que garantiu o pagamento dos salários dos meses anteriores por meio de arresto, e elogiou a abertura de uma Mesa de Negociação com o município. Fato este que não ocorreu com outros governos.

Na ocasião, também foi denunciado o decreto ofertado pelo governo quanto ao parcelamento do salário de dezembro, sendo certo afirmar que o MPT ficou de apreciar a situação e, se for o caso, interpor as ações que entender cabíveis, buscando a integralidade imediata do pagamento dos servidores.

Por fim, vale ressaltar que o procedimento instaurado junto ao MPT foi de iniciativa anônima de servidores. O MPT, reconhecendo a legitimidade e o grau de representatividade do Sindspef-SG como único sindicato legitimado pela categoria a falar em nome dos servidores, solicitou o Sindspef-SG no processo para prestar os devidos esclarecimentos à solução desta demanda.

Segue abaixo ata da reunião.