O Governo atual mantém em seu quadro funcional uma quantidade de cargos comissionados em excesso, nós servidores sabemos disso na prática, no dia a dia. Para nós não é nenhuma surpresa nem novidade. Da forma que a GESTÃO PÚBLICA esta trabalhando o nosso presente e o nosso futuro depende exclusivamente de todas/os nós. Desde 29 de junho estamos aguardando uma reunião com o executivo para dar andamento na negociação do nosso reajuste e aumento salarial. Por deliberação em assembleia, caso não houvesse negociação, nós iriamos parar. A mobilização acontecerá no dia 17 de setembro, às 16 horas em frente à prefeitura.

Precisamos diferenciar “O PODER DA RESISTÊNCIA”, o poder somos nós que somos servidoras e servidores públicos concursado, fizemos provas, passamos no concurso e somos, IGNORADOS pelo GOVERNO, que insiste em fazer resistência. Este sim a cada QUATRO ANOS, precisa pedir votos para aqueles que nós atendemos, o MUNÍCIPE, que também somos nós, além de trabalharmos, servimos e pagamos.

Então por uma liberdade de classe, vamos lutar pelo nosso direito de reajuste e aumento salarial, não devemos temer, porque enquanto nos curvamos alguém irá montar sobre você.

A ESCOLHA DA VITÓRIA É SUA! “A história das sociedades até os dias de hoje é a história da luta de classes” (Karl Marx)