Servidores do Polo Sanitário Hélio Cruz, em Alcântara, denunciam o fechamento do único laboratório de análises e tratamento de tuberculose e hanseníase na região.

A decisão pelo fechamento do laboratório teria sido tomada pela diretora da unidade de saúde, Cleusa Ribeiro, supostamente respaldada pelo secretário de Saúde, Dimas Gadelha, na última semana de 2016:

– A Diretora Cleusa Ribeiro simplesmente fechou o setor de trabalho, no qual existe há mais de 20 anos e atende toda população de Alcântara e adjacências. Lembrando que muitas das vezes o paciente não tem nem dinheiro para chegar até lá. A diretora disse que estava fazendo isso sendo respaldada pelo secretário de Saúde (no qual não sei se é verdade) – disse uma servidora sob anonimato.

Segundo relato da mesma servidora, o fechamento se deu após vistoria do Cremerj que constatou inadequação das instalações do laboratório.

– Após uma visita do Cremerj, a diretora Cleusa Ribeiro fechou o laboratório, dizendo que teríamos que ir para o Washington Luiz. Estamos trabalhando há anos em situação precária e insistentemente pedimos adequação do laboratório, o que nunca foi feito. Fizeram a sala do dentista e do teste do pezinho e nós ficamos esquecidos.

A reforma que precisamos não é grande. Nós gostamos demais do nosso trabalho e queremos continuar trabalhando no Hélio Cruz, atendendo essa população tão sofrida. Por favor pedimos que olhe nossa situação. O programa de tuberculose não pode parar – finalizou.